E551 - Dióxido de silício

Aditivo: E551 - Dióxido de silício

Funções: en:Carrier

O composto químico dióxido de silício, também conhecido como sílica, é o óxido de silício cuja fórmula química é SiO2. Em seu estado natural, pode ser encontrado em diversas formas diferentes. Possui 17 formas cristalinas distintas, entre elas o quartzo, o topázio e a ametista. A sílica é o principal componente da areia e a principal matéria prima para o vidro. Também é usado na fabricação de cimento Portland. É um dos óxidos mais abundantes na crosta terrestre. Ocorre na forma de pedra, areia, quartzo, etc. A sílica fundida é produzida em fornos de arco, de plasma ou outros tipos. Pode ter pureza de até 99‚9% de SiO2. Usada principalmente na indústria eletro-eletrônica. É matéria-prima básica para a produção de vidro. Misturada com cal e carbonato de sódio produz os vidros comuns para janelas, garrafas, lâmpadas, etc. -a maior parte dos vidros planos é fabricada pela deposição em uma cuba com estanho fundido sob atmosfera controlada-. Com óxido de boro, produz vidros resistentes a altas temperaturas e choques térmicos, conhecidos pelo nome comercial pirex. A sílica fundida de alta pureza, por sua vez, pode ser usada para vidros de alta resistência térmica e mecânica -usados em naves espaciais-. A areia é extensamente usada como agregado na construção civil, bem como na indústria de fundição, refratários, etc. O quartzo tem propriedades piezolétricas e, por isso, é bastante empregado em componentes eletrônicos que fazem uso deste fenômeno. Algumas propriedades do quartzo: massa específica 2 650 kg/m³, ponto de fusão 1 830 °C, condutividade térmica 1‚3 W/-m K-, coeficiente de expansão térmica 1‚23 10-5 1/K, resistência à compressão 2 070 MPa, coeficiente de Poisson 0‚17, módulo de elasticidade 70 MPa, resistividade 1012 a 1016 ohm m, permissividade 3‚8 a 5‚4, capacidade dielétrica 15 a 25 kV/mm. Algumas propriedades da sílica fundida: massa específica 2 200 kg/m³, ponto de fusão 1 830 °C, condutividade térmica 1‚4 W/-m K-, coeficiente de expansão térmica 0‚04 10-5 1/K, calor específico 740 J/-kg K-, resistência à compressão 700 a 1 400 MPa, coeficiente de Poisson 0‚165, módulo de elasticidade 73 MPa, resistividade >10¹⁸ ohm m, permissividade 3‚8, capacidade dielétrica 15 a 40 kV/mm. A exposição prolongada à forma cristalina da sílica induz a produção de quimíocinas, citocinas inflamatórias e fatores de crescimento. Estes mediadores têm-se revelado importantes para a iniciação e progressão de doenças pulmonares induzidas pela sílica, uma vez que intervêm no controlo da transcrição de mRNAs -Castranova, 2004-. Além destes mediadores, a sílica cristalina poderá induzir toxicidade pela formação de espécies reativas de oxigénio diretamente na sua superfície ou durante a fagocitose. ROS assim produzidos criam um estado de stress oxidativo e parecem desencadear eventos de sinalização para NF-kB e AP-1 -fatores estes que também se encontram envolvidos no controlo da transcrição de mRNAs-. O stresse oxidativo deste modo gerado tem sido proposto como o elemento chave na patogénese da silicose e na indução do cancro do pulmão pela sílica -Castranova, 2004-. - Wikipédia

Nomes: Dioxyde de silicium, silice, Gel bleu de silice, Gel 60 de silice, Dioxyde de silicium, Silicon dioxide, terre diatomée, terre de diatomée, Silica, CI 7811, Cab-o-sil, Diatomaceous earth calcined, Diatomaceous silica, Dioxosilane, Pigment White 27, Silanox 101, Siliceous earth, Silicon dioxide, Solum diatomeae, White carbon, CAS 7631-86-9

País: Brasil - Ver produtos correspondentes em todo o mundo